A SALA ESCURA • THE DARK ROOM

Atualizado: Set 22



Sukhí Hôtu!🙏


English Version Below


Tenho insistido aqui e repetido, que o Buddhismo (Budismo) é o Ensinamento completo e eficiente para entendermos as coisas como elas são e, desta forma, deixarmos de lado todo tipo de inquietação mental para, finalmente, sermos felizes, ainda em vida! Insisto nisso, não por se tratar apenas de uma opinião, um ponto de vista pessoal, mas sim pelo fato inegável de ser esse o verdadeiro Ensinamento do Buddha (Buda) e eu, como monge, tenho que dizer isso, quantas vezes forem necessárias, até que as pessoas às quais oriento, estejam profundamente cientes disso. Na verdade, em todos os seus 84 mil Ensinamentos, transmitidos através dos 45 anos em que esteve guiando todo tipo de pessoas, noite e dia, o Buddha NUNCA falou sobre acender incenso, nem lamparinas nem fazer prostrações, nem mesmo aos pés dele mesmo, como faziam todos os que vinham cumprimentá-lo.

Ele, SIM FALOU, o tempo todo, em ATENÇÃO PLENA, em controlarmos a mente, em estarmos conscientes, minuto após minuto sobre o que está se passando na nossa mente e como fazer com que ela passe a ser realmente útil para nós. É disso que trata o Buddhismo. Sempre foi esse o Ensinamento do Buddha e, se nós romantizamos, fantasiamos e perfumamos essa verdade tão clara e simples, é por conta de nossa fraqueza em aceitarmos realidades que não nos agradam e termos essa ideia fixa de que só o bonito e fascinante é o que devemos pegar para nós.

O Buddhismo é para os corajosos, isso é algo certo e inegável! O Buddhismo é para poucos – também é uma verdade… Praticar o Buddhismo, é para os que não têm medo de encararem a si próprios, com seus defeitos, seus ângulos feios, toda aquela quantidade de segredos e coisas indesejáveis que cada um tem e faz questão de esconder.

Se ninguém gosta quando nos são apontadas as coisas feias que fizemos, muito menos queremos que NÓS MESMOS olhemos, cara a cara para essas coisas das quais fugimos. Fugimos, mas elas continuam em nós. Porque não as encaramos nem as deixamos ir! Preferimos ficar com nossos medos, nossas vaidades, nossos orgulhos próprios, nossas mentiras e imperfeições, presas em algum lugar escuro e bem escondido da nossa mente.

A prática buddhista (budista) é justamente para quem está decidido a ir até esse lugar escuro, abrir portas, janelas e cortinas para deixar a luz dos Ensinamentos do Buddha iluminar todas essas coisas feias, sujas e terríveis que nós prendemos durante tanto tempo. Só assim, podemos deixar isso tudo ir embora, exorcizar todas essas coisas para nos livrarmos delas.

Nesse quarto escuro, que ocupava tanto espaço em nossa mente, assim poderemos, com Sabedoria, convidar novos moradores… Pureza, Tolerância, Paciência, Compaixão, Amor e tantos outros sentimentos puros que, realmente, nos conduzirão à Iluminaçã, ao Estado Mental do Nirvana, quando estaremos livres de toda inquietação mental e seremos felizes de verdade, no aqui e agora, não esperando pela morte ou por algum paraíso invisível que nem sabemos se realmente existe.


Fiquem todos em Paz e protegidos!





I have insisted here and repeated, that Buddhism is the complete and efficient Teaching to understand things as they are and, in this way, put aside all kinds of mental restlessness to finally be happy, still in life! I insist on this, not because it is just an opinion, a personal point of view, but because it is undeniable that this is the true Teaching of the Buddha and I, as a monk, have to say this, as many times as necessary, until the people I try to guide, are deeply aware of it. In fact, in all of his 84 thousand Teachings, transmitted through the 45 years he was guiding all kinds of people, night and day, the Buddha NEVER talked about lighting incense, neither oil lamps nor doing prostrations, not even at his feet, as all those who came to greet him used to do.

He, INDEED TALKED, all the time, on FULL ATTENTION, about controlling the mind, on being aware, minute after minute to what is going on in our mind and how to make it really useful for us. That is what Buddhism is all about. This has always been the Buddha's Teaching and, if we romanticize, fantasize and perfume such clear, pure and simple Truth, it is because of our weakness in accepting realities that we don't like and having this fixed idea that only the beautiful and fascinating is that what we should get for ourselves.

Buddhism is for the brave ones, that is certain and undeniable! Buddhism is for the few ones - it is also true... Practicing Buddhism is for those who are not afraid to face themselves, with their flaws, their ugly angles, all that amount of secrets and undesirable things that each of us has and try hard to hide. If nobody likes it when the ugly things we did are pointed out to us, much less do we want OURSELVES to look, face to face at those things that we run away from. We run away, but they are still with us. Because we don't look at them nor let them go! We prefer to keep our fears, our vanities, our own pride, our lies and imperfections, trapped somewhere dark and well hidden inside our mind. Buddhist practice is precisely for those who are determined to go to this dark place, open doors, windows and curtains to let the light of the Buddha's Teachings illuminate all these ugly, dirty and terrible things that we have held for so long. Only then can we let it all go, exorcise all these things to get rid of them.

In this dark room, which occupied so much space in our mind, so we can, with Wisdom, invite new residents ... Purity, Tolerance, Patience, Compassion, Love and so many other pure feelings that, really, will lead us to Enlightenment, to the Mental State of Nirvana , when we will be free from all mental restlessness and will be truly happy, in the here and now, not waiting for death or for some invisible paradise that we don't even know if it really exists.


May everyone be at Peace and protected!


Ajahn Sunanthô Therô

13 visualizações

Contatos:

(54) 3244-6027

dragaododharma@gmail.com

Endereço: 

Loteamento Alpes de São Francisco, Rua 3 - 401

São Franciso de Paula, RS - CEP: 95400-000

© 2020 

Criado por Gustavo Pavanello e Thairiny Silva

  • Templo Dragão do Dharma - Facebook
  • Budismo Brasil - YouTube
  • Budismo Brasil - Instagram
  • Twitter