• Fǎ Lóng Sì - Facebook
  • Fǎ Lóng Sì - YouTube
  • Fǎ Lóng Sì - Instagram

(54) 3244-6027

wuhaishifu@gmail.com

Templo Budista

Loteamento Alpes de São Francisco, Rua 3 - 401

São Franciso de Paula, RS - CEP: 95400-000

Agende sua visita nos telefones indicados.

 

Se estiver de passagem pelo local e REALMENTE tiver tempo para sentar e ouvir Ensinamentos sobre Budismo diretamente do Shifu (monge), todos são muito bem-vindos para tocar o sino do portão.

 

Reuniões aos Sábados ou Domingos, a partir das 15h.

Cadastre-se para participar por vídeo, caso não possa comparecer .

FALANDO SOBRE ILUMINAÇÃO


Imagem da Estátua do Templo do Buddha Deitado (Wat Pho), Thailândia

大家好!


Outro dia, li um comentário sobre uma página no FB que dizia: “Pessoas ILUMINADAS, que dedicam a vida a divulgar o Dharma!” eu achei bastante engraçado! Não querendo desmerecer a quem quer que seja, viajei pelo mundo, morei na Ásia, vivi em diversos Templos e visitei dezenas de outros, alguns com centenas de monges e, com segurança, posso afirmar que NUNCA encontrei nenhuma pessoa ILUMINADA… No entanto, o comentário, sobre um local buddhista no Rio de Janeiro, diz que lá há VÁRIAS! Ehehe

A palavra ILUMINADO perdeu seu sentido… Qualquer pessoa de inteligência mediana ou de algum cultivo mental, alguma pureza de ações, já é chamado de iluminado, mesmo que seja um Paulo Coelho ou outro tolo do mesmo nível…


ILUMINAÇÃO é algo sublime, é algo muito superior a tudo o que possamos imaginar! É algo tão elevado que o próprio Buddha, o único Iluminado, com “í” maiúsculo de quem eu tenha notícia, não conseguiu pôr em palavras o que a Iluminação significa! Um Iluminado não conseguiu definir tal estado!


O que podemos tentar explicar, é que a Iluminação, o assim chamado ESTADO MENTAL DE NIRVANA é o resultado de um longo processo de PURIFICAÇÃO MENTAL, livrando-nos, gradativamente, de todo e qualquer CONCEITO até que a mente, numa explosão repentina, se abre totalmente para o entendimento correto de tudo o que há no Universo – passado, presente e futuro e, ao contrário de isso nos maravilhar e nos encher de orgulho e felicidade, NÃO NOS CAUSA ABSOLUTAMENTE NADA, porque a Iluminação nos deixa livres de qualquer conceito ou ponto de vista, sobre o que quer que seja!!! Dá para entender?? Teoricamente, sim! Mas, na realidade, na prática, na profundidade, é impossível a compreensão total, justamente por ainda estarmos totalmente presos a conceitos de DUALIDADE e darmos tanta importância aos rótulos e conceitos que formamos sobre tudo à nossa volta, o tempo todo!


O que fica fácil de ver, é que não há pessoas iluminadas andando por aí, nem dando entrevistas na TV ou cantando nos palcos de shows… Alguém que tenha passado pela experiência que tentei explicar acima, vocês hão de convir, não vemos em lugar algum do mundo e, se existe alguém atualmente nestas condições, teve a Sabedoria de se esconder e se manter oculto!


Bem… Isso é ILUMINAÇÃO… Como atingir, é através do processo explicado pelo próprio Buddha que, depois de viver a experiência, nos deixou a receita do bolo! Daí formou-se o que convencionamos chamar de BUDDHISMO, termo que, aliás, o Buddha NUNCA usou, já que não teve por objetivo criar nenhuma seita ou religião, apenas orientava a quem decidia ficar ao lado dele e, para tanto, estabeleceu regras e organizou a galera para que conseguissem viver em harmonia!


Um conceito do qual eu discordo, entretanto, é o que a Tradição Buddhista insiste em chamar de PARINIRVANA ou “o grau mais elevado da Iluminação”! Segundo a Tradição, quando o Buddha morreu, ele “entrou no estado de Parinirvana”, algo como “Nirvana Superior”… Ora, ora… Muita calma nesta hora!!! Ao se iluminar, debaixo da tal figueira, sozinho na floresta, coisa e tal, o ex-Príncipe Siddharth se tornou O BUDDHA! Buddha, minha gente, já é TOTALMENTE ILUMINADO!! Ou alguém É buddha ou AINDA não é buddha, mas não existe Buddha nível A, B ou C ou Iluminação 1, 2 ou 3! Um buddha É totalmente iluminado! Então O Buddha não poderia ter vivido 45 como Iluminado Nível 2 para atingir o Nível 1 quando morreu! Acreditar nisso, seria admitir que ele NÃO ERA totalmente iluminado! É um engano!


O que sabemos, é que ele tinha um corpo humano, normal, tanto quanto vocês e eu! Ainda tinha que se alimentar, beber água, dormir de vez em quando (dizem que dormia, no máximo uma hora por noite, mas dormia!), sentia dores físicas e todo o peso do envelhecimento! Então, se quisermos chamar de PARINIRVANA o momento em que ele, finalmente, se libertou do corpo físico para que a energia de sua mente fosse se juntar à do Universo, tudo bem… Vá lá! Mas não venham chamar de GRAU MAIS ALTO da Iluminação, porque isso não existe!


Há tolices na Tradição, que as pessoas aprendem feito papagaio de botequim e saem repetindo sem refletirem a respeito! É preciso vermos as coisas às claras e darmos a elas os nomes corretos! Se ao mesmo tempo que usamos o termo em Pali: SAMMASAMBUDDHA – Totalmente Iluminado por Esforço Próprio – o que é a mais absoluta verdade, não podemos dizer que ele ainda estava esperando pelo GRAU MAIS ELEVADO da Iluminação! São contradições que as pessoas não veem!


Espero que isso tenha ficado bem claro! Tanto o que é a Iluminação em si, quanto essa questão do Parinirvana! Como buddhistas, temos que ser capazes de explicar as coisas a quem nos perguntar e, infelizmente, há sempre vários “espertinhos”, doidos para nos ver cair em contradição! Ehehe

Fiquem todos em Paz e protegidos!


Wù Hǎi Shīfù

28 visualizações