"POR QUE O BUDDHA TEM ORELHAS TÃO LONGAS?"

Atualizado: Jul 23



Sukhí Hôtu!


Domingo passado, recebi na Reunião de Dharma de meu pequeno Templo, alguns visitantes, curiosos em saber sobre Buddhismo. Nunca antes tantas crianças tinham aparecido por aqui, todas meninas e na faixa etária entre 5 e 10 anos... Apesar da inquietação natural da idade, quando é difícil sossegarem por muito tempo, uma das meninas, levantando o dedinho, fez uma pergunta bastante inteligente! Ela queria saber a razão do Buddha ter orelhas tão longas!


Eu tenho certeza que a dúvida da menininha é a mesma de milhares de pessoas que, infelizmente, não levantam o dedinho aqui e nem no FB para perguntar, nem sobre as orelhas do Buddha nem sobre coisa alguma, ficando caladas!


Eu elogiei a criança pela pergunta e expliquei. Na verdade, não são só as ORELHAS das imagens do Buddha que chamam a atenção... Aquele "calombo" no alto da cabeça, o cabelo azul encaracolado, a pele dourada que muitas estátuas apresentam e tantas outras características estranhas que são retratadas (ou não) quando o Buddha é retradado.


A fértil imaginação indiana que recebemos no DNA do Buddhismo, relata que determinados "Seres Grandiosos", com a mente já iluminada, teriam - segundo a tal crença indiana, não minha! - 32 marcas ou características físicas que identificassem a grandiosidade de tal iluminado!


O lóbulo das orelhas tocando os ombros, o tal calombo no alto da cabeça, o cabelo azul escuro e encaracolado, um tufo de pelos brancos, em espiral virada para o lado direito, entre as sobrancelhas, a pele dourada, manchas nas costas e tantas outras marcas são atribuídas ao Buddha. Ora... Ora... Ainda que fosse possível alguém ter essas 32 marcas tão estranhas, obviamente elas não seriam visíveis por qualquer um! Talvez - notem bem: Talvez! - alguma pessoa com poderes psíquicos muito especiais, pudesse olhar para o Buddha - um ser humano normal, como você ou eu - e, através de tais, tal pessoa e somente ela, pudesse ver as 32 marcas. Isso eu suponho, a nível muito especulativo!


Fato é que, nas Escrituras, há várias passagens em que o Buddha chega a determinadas localidades onde nunca estivera antes e alguém no local pergunta a um dos monges qual deles é o Buddha, por não conseguirem o identificar no grupo de monges, todos carecas e vestidos com o manto monástico! Isso deixa claro que, se o Buddha tivesse realmente as 32 características visíveis a olho nu, ninguém teria dificuldade para identificá-lo à primeira vista!


Cabe aqui alertar a todos que o que há de mais nobre, verdadeiro e animador na figura do Buddha e em seu Ensinamento, é justamente o fato de ele ser um SER HUMANO NORMAL que, assim como todos nós, passou por zilhões de renascimentos, enfrentou todo tipo de dificuldade e, por fim, por esforço próprio, conseguiu atingir a Iluminação! O Buddha não deve ser visto como um "alienígena" ou "aberração", mas sim como um ser humano! Se não o fosse, poderíamos duvidar de nossa própria capacidade de nos iluminarmos e isso seria muito ruim!


Monge Sunanthô Bhikshú



Ainda tem dúvidas? Deixe seu comentário ou entre em contato com a gente.


Gostaria de se aprofundar? Participe de um de nossos encontros. Saiba mais aqui.

85 visualizações

Contatos:

(54) 3244-6027

dragaododharma@gmail.com

Endereço: 

Loteamento Alpes de São Francisco, Rua 3 - 401

São Franciso de Paula, RS - CEP: 95400-000

© 2020 

Criado por Gustavo Pavanello e Thairiny Silva

  • Templo Dragão do Dharma - Facebook
  • Budismo Brasil - YouTube
  • Budismo Brasil - Instagram
  • Twitter