RADHA SUTRA: O ENSINAMENTO AO VENERÁVEL RADHA



RADHA SUTRA

O Ensinamento ao Venerável Radha


Em Shravasti. Então o Venerável Radha foi até o Mestre Buddha e depois de cumprimentá-lo sentou a um lado e disse: “Venerável Senhor, como é que alguém deve compreender, como é que alguém deve ver para que, em relação a este corpo com a consciência e em relação a todos os sinais externos, não exista a fabricação de um eu, a fabricação do meu e a tendência seguinte à ideia de que existem?”


“Qualquer forma, Radha, quer seja do passado, futuro ou presente, interna ou externa; grosseira ou sutil; inferior ou superior, próxima ou distante: toda forma deve ser vista como na verdade é, com correta Sabedoria: ‘Isso não é meu, isso não sou eu, isso não é o meu eu.’ “Qualquer sensação ... Qualquer percepção ... Quaisquer formações volitivas ... Qualquer consciência, quer seja do passado, do futuro ou do presente, interna ou externa; grosseira ou sutil; inferior ou superior; próxima ou distante: toda consciência deve ser vista como na verdade é, com correta Sabedoria: ‘Isso não é meu, isso não sou eu, isso não é o meu eu.’


“Quando alguém sabe e vê assim, Radha, então, em relação a este corpo com a consciência e em relação a todos os sinais externos, não existe a fabricação de um eu, a fabricação do meu e a tendência à ideia de que existem.” Então, o Venerável Radha, satisfeito e contente com as palavras do Mestre Buddha, levantou do seu assento e depois de homenagear o Mestre Buddha, mantendo-o à sua direita, partiu.


Depois, permanecendo só, isolado, diligente, ardente e decidido, em pouco tempo, ele alcançou e permaneceu no objetivo supremo da vida do cultivo da Purificação Mental, pelo qual membros de um clã deixam a vida em família pela vida do cultivo da Purificação Mental, tendo conhecido e realizado por si mesmo no aqui e agora. Ele soube: “O nascimento foi destruído, a vida do cultivo da Purificação Mental foi vivida, o que deveria ser feito foi feito, não há mais vir a ser a nenhum estado.” E assim ele se tornou mais um dos Arahants (quem alcançou a Iluminação, se tornando um buddha).


Fonte: Acesso ao Insight

Samyutta Nikaya XXII.71

7 visualizações

Contatos:

(54) 3244-6027

dragaododharma@gmail.com

Endereço: 

Loteamento Alpes de São Francisco, Rua 3 - 401

São Franciso de Paula, RS - CEP: 95400-000

© 2020 

Criado por Gustavo Pavanello e Thairiny Silva

  • Templo Dragão do Dharma - Facebook
  • Budismo Brasil - YouTube
  • Budismo Brasil - Instagram
  • Twitter