• Fǎ Lóng Sì - Facebook
  • Fǎ Lóng Sì - YouTube
  • Fǎ Lóng Sì - Instagram

(54) 3244-6027

wuhaishifu@gmail.com

Templo Budista

Loteamento Alpes de São Francisco, Rua 3 - 401

São Franciso de Paula, RS - CEP: 95400-000

Agende sua visita nos telefones indicados.

 

Se estiver de passagem pelo local e REALMENTE tiver tempo para sentar e ouvir Ensinamentos sobre Budismo diretamente do Shifu (monge), todos são muito bem-vindos para tocar o sino do portão.

 

Reuniões aos Sábados ou Domingos, a partir das 15h.

Cadastre-se para participar por vídeo, caso não possa comparecer .

receitas do shifu - receita de balila

Atualizado: 28 de Ago de 2018

BALILA

É um prato típico do Oriente Médio, presente à mesa de Judeus e de Palestinos! É bastante rápido de fazer, muito nutritivo e pode ser servido quente ou frio! No Oriente Médio, é servido no café da manhã, mas pode ser um lanche da tarde ou até como entrada em um jantar!



Ingredientes

2 xícaras de grão de bico, deixado de molho desde a véspera e cozidos por uma hora, na água onde ficou de molho.

4 dentes de alho, descascados e esmagados

8 colheres de sobremesa de suco de limão

¼ de xícara de azeite de oliva

2 colheres de chá de cominho em pó

2 colheres de chá de sal

salsinha picada ou desidratada para salpicar por cima.

Preparo

Escorra o grão de bico, reservando um pouquinho da água da fervura

Separe meia xícara do grão de bico.

Ponha o restante em um prato fundo, onde vai ser servido o Balila.

A parte reservada do grão de bico, deve ser amassada, formando quase uma pasta, mas ainda com pedaços amassados. Não use processador! O ideal é amassar com um pilão ou colher!

Ao grão de bico amassado, acrescente o alho esmagado, sal, cominho, o suco de limão e o azeite de oliva, misturando bem! Despeje esta mistura sobre o grão de bico do prato. Sirva ainda quente ou mesmo frio, com pão pita (pão “árabe”) e coberto com salsinha. Se quiser, pode acrescentar páprica picante também!

Toda refeição é sagrada e todo alimento chega a nós como resultado das boas ações que praticamos nesta vida e nas anteriores! Milhões de pessoas gostariam de estar saboreando este prato e nunca terão a oportunidade! Ofereça, mentalmente, esse prato a todos os que têm fome e seja grato(a) por ter alimento em sua mesa!

77 visualizações